Impressões: CORALINE E O MUNDO SECRETO

"Vem com o papai no cinema, vem..."

"Vem com o papai no cinema, vem..."

Coraline é a versão cinematográfica da obra de Neil Gaiman, o mesmo que escreveu Stardust, também adaptado para a grande tela. Com excelentes qualidades técnicas e alguns elemtentos reflexivos, o filme tem sido apontado como extremamente atraente tanto para crianças quanto para adultos, o que é um erro.

Coraline é uma menina que não está feliz com sua vida. Ela acabou de se mudar para um condomínio estranho, seus pais são escritores que trabalham muito e não lhe dão atenção e todo mundo vive trocando seu nome por Caroline. Quando a menina descobre uma passagem para outro mundo, sua existência ganha felicidade. Nesta outra realidade, sua mãe cozinha bem, seu pai lhe dá atenção e tudo parece ser melhor, exceto por um detalhe: todos possuem botões pregados no lugar dos olhos.

A técnica utilizada na animação é a de Stop Motion, vulgarmente conhecida como bonequinhos de massinha. Nesse quesito, o filme possui muitos méritos. O modelo de animação é muito bem utilizado e bem feito, demonstrando o conhecimento do diretor Henry Selick. Além disso, o desenho possui um senso estético de primeira qualidade, com cenas muito bonitas, a exemplo do jardim do outro mundo ou do trem de molho no jantar. Mas a mais bela e memorável de todas é a sequência de abertura.

A história é, no mínimo, diferente e interessante. Se pensarmos a fundo, há uma certa simbologia nas situações imaginadas por Gaiman e levadas à tela. Coraline não está contente com sua vida e prefere optar pelo caminho mais fácil da alienação, o outro mundo. Os botões no lugar dos olhos são uma ótima metáfora para a situação. A menina, no entanto, com auxílio de um guru espiritual, o gato, sempre presente na mística das literaturas, consegue vencer os problemas do outro mundo e salvar sua realidade. Desperta de seu sono alienante.

Porém, não podemos esquecer que a animação é feita para crianças (não tão pequenas, há certas passagens assustadoras para os pequeninos) e não para adultos. Existe uma certa aventura na história, mas não o suficiente para empolgar quem está acostumado a assistir as explosões de Hollywood ou os densos dramas para adultos. Acho que a supervalorização de alguns filmes infantis, tomados como um grande programa para adultos também, é superficial. A película pode até não chatear os pais, mas não chegará a ficar na memória.

4 Comentários

Arquivado em Impressões

4 Respostas para “Impressões: CORALINE E O MUNDO SECRETO

  1. Ariane

    “Coraline” em meu ver não é um filme apropriado para crianças…….associei tal filme a um gênero de terror infantil! Aqueles personagens com botões nos olhos…aquela bonequinha que parece boneca de vudu! Quanto a qualidade das imagens nota 10… mas o restante…….me deu arrepiu!heheheheheheh

  2. É, algumas cenas podem assustar as crianças mesmo…

  3. Pingback: Retrospectiva 2009: Parte 5 « Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos

  4. eu achei o filme legal, assisti com 8 anos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s