Vencedores SAG Awards 2010

“Atores não cavalos em uma corrida.” Atribuída a Fernanda Montenegro

Bastardos Inglórios, o grande vencedor

A cerimônia do SAG Awards foi ainda mais suscinta que o Globo de Ouro, com menos comerciais e mais agilidade na apresentação das categorias. Sem grandes surpresas e com uma grande decepção, o Screen Actors Guild Awards 2010 valeu a pena pela emocionante e hilária homenagem a Betty White, lenda da televisão americana, que fez um dos discursos mais memoráveis das temporadas de premiações ao misturar humor e história da indústria cultural norte-americana. Afinal, Bette White trabalhou no rádio, estreiou quando a televisão estava começando a invadir os lares e fez história também no cinema.

Christoph Waltz levou o prêmio de melhor ator coadjuvante por Bastardos Inglórios, sem grandes surpresas. Levando o prêmio merecido pela performance espetacular de Waltz no longa de Quentin Tarantino, o austríaco venceu Matt Damon, Christopher Plummer, Woody Harrelson e Stanley Tucci.

Por outra categoria previsível, Mo´nique levou o prêmio de melhor atriz coadjuvante. Apesar de minhas torcidas por Vera Farmiga e seu trabalho surpreendente em Amor Sem Escalas e por Julianne Moore em Direito de Amar, que nem foi indicada ao SAG, há que se reconhecer que Mo´nique faz um trabalho estupendo como a mãe asquerosa de Preciosa. Premiação mais que merecida. As outras concorrentes eram Penelopé Cruz (Nine), Anna Kendrick (Amor Sem Escalas) e Diane Krueger (Bastardos Inglórios).

Na categoria de melhor ator, muito se comentou sobre a performance de George Clooney em Amor Sem Escalas.  Minhas torcidas eram pelo trabalho sublime de Colin Firth em Direito de Amar. No entanto, desde o Globo de Ouro, Jeff Bridges, o vencedor da noite, vem se desenhando como o favorito do ano ao Oscar, no papel que tem sido chamado de “a performance de uma carreira”. Concorriam também Morgan Freeman (Invictus) e Jeremy Renner (Guerra ao Terror).

Curto e grosso, Sandra Bullock levou o prêmio de melhor atriz por O Lado Cego. Parafraseando a genialidade de Fernanda Montenegro, Bullock e Meryl Streep estão literalmente em uma corrida pelo Oscar. As duas empataram no Critics Choice Awards, cada uma levou um Globo de Ouro semana passada e agora Bullock está teoricamente na frente na corrida pela estatueta dourada. Ocorre que Streep não precisaria estar uma corrida deste estilo. Sandra Bullock não fez nenhum milagre interpretativo que não seja trazer dinheiro para os estúdios. A performance brilhante de Streep como Julia Child seria a escolha natural das premiações se fatores externos como dinheiro e sentimentalismo não influenciassem os votantes.

Finalmente, Bastardos Inglórios levou a estatueta de Melhor Elenco, o grande prêmio da noite. Historicamente, o prêmio de melhor elenco no SAG funciona como um prêmio de melhor filme, já que só falamos de atuações. Tanto é assim que no ano passado a vitória de Quem Quer Ser um Milionário? na categoria foi determinada não pelo elenco, mas pelo filme. Em 2010, Bastardos Inglórios leva pelo elenco e pelo filme, o que traz um pouco de holofotes para o longa que tem sido preterido pelas premiações. Um respiro de alívio em um prêmio em que Avatar não concorria em categoria alguma…

1 comentário

Arquivado em SAG 2010

Uma resposta para “Vencedores SAG Awards 2010

  1. Marcela

    Eu repito: a Bullock é muito bonita, muito simpática, mas chega a ser ridículo preferi-la a Meryl Streep, Helen Mirren e outras atrizes desse cacife. Mas você disse bem Renan, o sentimentalismo e o dinheiro influenciam enormemente as escolhas da Academia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s